Treinamentos
 

Ao se lidar com o treinamento de forma técnica, a construção de um Levantamento de Necessidades de Treinamento é fundamental, ou seja, faz-se um Diagnóstico Organizacional, através de Testes Psicológicos aprovados pelo Conselho Federal de Psicologia, e com base no resultado encontrado constroem-se um plano de ação.

 

Em função da complexidade da natureza humana, não dá para acreditar que uma ação isolada poderá solidificar uma mudança comportamental, serão necessárias várias ações programadas para o atingimento de um objetivo, ou seja, um treinamento isolado ou uma palestra é pouco quando a meta é uma estruturação organizacional. Através de uma série de treinamentos, semanais, quinzenais ou mensais, aliados a outras atividades, como avaliação de desempenho, campanhas internas, etc... uma cultura será criada e desta forma se faz possível criar posturas de comportamentos adequados aos valores e crenças da organização.

Mesmo se criando um planejamento de treinamento, a forma com que este treinamento deverá ser desenvolvido é muito importante, pois enquanto a criança está aprendendo coisas novas para a sua vida, o adulto já tem constituído os seus valores e crenças pessoais, e que se não estiver de acordo com os valores organizacionais ele criará resistência e não assimilará aquilo que não acredita, por isto a harmonia no ambiente empresarial começa no processo de recrutamento e seleção de pessoal, e na hora do treinamento a meta é traçar um código de conduta de forma motivadora que leve o sujeito a se comprometer com um objetivo traçado.
Dinâmicas de grupo, jogos cooperativos, metáforas, exercícios de hipnose e de andragogia ou coaching, biodança ou teatro, vídeos, exercícios teóricos e práticos são fundamentais para criar um ambiente lúdico e ao mesmo tempo harmonioso para a transmissão de mensagens. Desta forma o treinando é levado a perceber que todos lucram quando caminham na mesma direção, e que para viver em grupo se faz necessário conhecermos os limites de cada um e sabermos estabelecer os nossos limites também.

Desenvolver a consciência de nossos papéis dentro dos grupos que pertencemos (família, escola, trabalho, etc) é fundamental tanto para a realização dos nossos objetivos como os objetivos dos que se relacionam conosco, ou seja, a consciência individual leva a maturidade, ao respeito a nós mesmos e ao próximo e consequentemente a harmonia de nossa vida e dos ambientes que vivemos.

Conheça:

> Voltar para página anterior

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Instituto Consciência de Psicologia.
Todos os direitos reservados.